Tensões Musculares

Algumas pessoas com dores orofaciais crônicas chegam a pensar que estão loucas, pois sentem dores na frente e no topo da cabeça, ouvidos, olhos, dentes e nuca. O que explica estes sintomas tão variados?

Todas estas partes da cabeça possuem nervos, chamados “sensitivos”, que enviam para o cérebro as informações de como andam as coisas por lá. O cérebro, por sua vez, tem um local de registro para cada uma das partes da cabeça. Acontece que, no caminho para chegar até o cérebro, os nervos passam por uma “estação” que conecta todos eles, inclusive aqueles que vêm dos músculos da mastigação e do pescoço. O problema é quando esses últimos começam a enviar um sinal de alerta para o cérebro por estarem muito tensos. Na estação, os impulsos do alerta “contaminam” os outros nervos que passam por ali e o cérebro pode receber sinais de alerta transportados por engano. Portanto, por causa da tensão muscular uma pessoa pode, por exemplo, ter a sensação de dor no ouvido, quando na verdade o que ela tem é a chamada Dor Referida.

Em geral, o que leva alguém a entrar neste quadro é o excesso de impulsos que vêm de outras regiões do cérebro, responsáveis pelos pensamentos. Eles geram uma sobrecarga que “escoa” e é depositada na musculatura. As principais vítimas desse problema são pessoas que aparentam estar bem, mas estão sempre se remoendo entre pensamentos negativos e ansiedade. Uma mudança deste padrão se torna de extrema urgência, na medida em que os nervos entram num processo chamado Sensibilização Central. Nesse caso, toda a cabeça fica muito sensível, alterando significativamente o sono, o humor, a concentração e a qualidade de vida.