A crise para a Mudança de fase

Na minha infância, houve um tempo em que adorava jogar vídeo game. Nosso cérebro fica realmente fascinado com a sensação de se concluir uma tarefa. Por isso eles colocam tantos “tesouros” e “frutinhas” pra gente ir “conquistando” pelo caminho. Aquele barulhinho e as estrelinhas que te mostram “Você conseguiu!” dão tanto prazer!

Mas o que queremos sempre são os desafios maiores. Queremos sempre passar para a fase mais difícil!

Então eu chego à idade adulta, e vejo que nada mudou. Sempre que conquisto algo, imediatamente já passo a procurar pelo meu próximo objetivo, ainda mais desafiador.

Lembro-me perfeitamente do frenesi que eu sentia quando percebia que estava chegando ao final de uma fase: “Agora vou ter que enfrentar o monstro maior, para provar que posso ir para a próxima fase!”. E era assim. Muita energia gasta com o monstro que aparecia tentando me impedir de passar, e tão mais gostoso isto tornava a tal Mudança de Fase.

E aqui, na vida adulta, percebo que estou me preparando para a próxima fase. Estou mais forte, buscando novos desafios, querendo espalhar mais meus conhecimentos.

Então, a pessoa que mais amo no mundo inteiro, quem me criou com tanto amor, a origem da minha força, passa para o outro lado e eu não poderei mais sentir as mãozinhas dela tirando minhas medidas para costurar para mim. Não sentirei mais o cheiro e o sabor de sua comida de vó.

Pensava estar preparada, pois ela tinha 90 anos de idade. Mas não é bem assim. A dor é visceral e as cenas na cabeça fazem um turbilhão. Ao acordar: “isto está mesmo acontecendo?” Exausta, precisando dormir, e as lembranças formam uma grossa barreira entre mim e o sono.

O trabalho me chama, o corpo sem se recuperar das 36 horas sem dormir, e a notícia chega: “Sua cachorrinha está com uma grave infecção. Precisa ser operada com urgência”. Minha amiga de 10 anos. Minha companheira nas horas mais difíceis. Agora correndo sérios riscos e precisando de ajuda.

O cansaço, quando é grande, contamina nossa mente espalhando negatividade por campos que não deveriam. Tudo se mistura, e chamamos de problema até mesmo o que não é problema. É preciso cuidado. Por isto, ao perceber o que se passava em minha mente, saí do consultório e fui receber o colo de uma amiga amorosa. Deixei para trás o anelzinho da minha vovó, na minha estação de trabalho. Ás 22:13h, tendo saído da casa da minha amiga e no meio do caminho para casa… “o anel!!!!” Dentro do meu coração, uma emoção forte por estar indo pra casa enquanto o anel da vovó ficava na cômoda do consultório. “Vou voltar e buscar”. Conflito interno: “está tarde, cansada, gasolina”…. “Este mundo está estranho, precisamos tomar cuidado”. Voltei. Peguei o anel, meu laptop e relógio. Dormi.

No dia seguinte, consultório todo revirado: cada gaveta, cada cantinho, tudo espalhado no chão. “Estou enfrentando o Monstro”. Procuravam por dinheiro, e nada encontraram para levar além de um velho rádio.

Foi então que eu percebi que eu realmente estava pronta para a próxima fase. Ter seguido minha intuição, ter buscado todas as coisas de valor, por sentir a proteção Divina em minha vida. Perdoar e agradecer.

Seguir em frente quando tudo parece estar contra você. É assim que se prova sua força. É só procurar: em sua mente sempre haverá a semente da esperança. Encontre-a e levante a cabeça. Lá na frente você poderá agradecer, pois o monstro te fortaleceu e mostrou suas armas para levar para a próxima fase.

10 Comments

  1. Natali Nicolino | 28 de abril de 2016 at 22:01
     

    Sem palavras. Já não é a primeira vez que você me arranca lágrimas. Só tenho que agradecer por Deus ter colocado você em meu caminho, permitindo que eu leia algo tão forte, se encaixando com o que estou vivendo neste momento, uma mudança de fase! Grande beijo Ju!

    Reply
    • Maria Lucia Nunes Souza | 20 de maio de 2016 at 11:24
       

      Imagino a sua dor, mas como você me disse várias vezes: vai passar! É só uma fase.
      Desejo que sua querida avó tenha um caminho de luz . Curta a saudade e as boas lembranças construídas.
      Que Deus te ilumine e protejs para que você possa continuar fazendo tão bem a tantas pessoas.
      Força e coragem. Um abraço apertado, com muito carinho.

      Reply
  2. Fabiano | 29 de abril de 2016 at 09:04
     

    Intuição, sutil dica Divina.
    Temos sim que seguir mais fortes e mais maduros com as tribulações.
    Incrível este depoimento seu.
    Luz, paz e fé sempre!

    Reply
  3. Leila | 4 de maio de 2016 at 20:48
     

    Texto muito lindo.
    Tocante.

    Reply
  4. Daniela | 18 de maio de 2016 at 17:54
     

    Nossa não tenho o que falar.. comecei a ler e a cada palavra uma lagrima. Conhecer você me fez abrir os olhos para o mundo saber que sou capaz de ser melhor a cada dia. Muito obrigada por tudo! Ju você é muito especial. Um grande abraço.. Daniela

    Reply
  5. Selma | 18 de maio de 2016 at 18:40
     

    Como precisava ler isso hoje…Em busca do meu monstro.Avante!!!!

    Reply
  6. Gustavo Freitas | 18 de maio de 2016 at 18:47
     

    Realmente sensacional

    Reply
  7. ivonilda torres ( sua mãe orgulhosa | 19 de maio de 2016 at 14:33
     

    Já li diversas vezes , muito difícil fazer um comentário, uma vez que, todas as vezes que leio, meus olhos enchem de lagrimas me impedindo de faze. Sabe filha, naquele dia , onde você foi para o colo de uma amiga, embora tenha lhe pedido para vir para o meu, sabia que , com ela estaria melhor, eu, na verdade estava passando por tudo que você estava passando, exceto o roubo que também sofreu.
    Não me surpreendo sobre o que falou sobre sua avó, realmente ela foi uma GRANDE MULHER, a ela, além de minha vida,serei eternamente grata por ter me ajudado a te criar com todos os princípios que sempre achamos ter valor para uma vida reta , com dignidade e, acima de tudo com amor e respeito ao próximo. Te amo muito e tenho maior orgulho de ser sua mãe! Sempre achei que você seria essa pessoa que estaria sempre na eterna busca de aprimoramento de crescimento.
    Lembra que quis que você fosse pianista? Jogadora de Vôlei e até modelo? estava sempre explorando seu potencial, mas descobri que seria você mesma quem faria estas descobertas que fazem de você uma vencedora.

    Ufa…consegui, mesmo enxugando diversas vezes meus olhos.

    Um grande abraço e estarei sempre lhe apoiando em suas buscas.
    sua mãe.

    Reply

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *